quinta-feira, 30 de dezembro de 2010


O mais estranho é o tamanho do carinho que ainda sinto por você. Quer dizer, você me deu todos os motivos do mundo para te odiar, mas meu coração rejeita qualquer possibilidade de te tirar dele. É apavorante o poder da lembrança do seu sorriso tem sobre mim, é algo automático. Meus lábios se formam em sorrisos sempre que viajo nas lembranças do que éramos. Uma parte de mim sabe que tudo acabou, e que tudo que passamos nada significou pra você, e me diz pra deixar você onde é o seu lugar, no passado. Outra parte clama pela verdade, clama para que tudo seja esclarecido. Não sei por que, mas acho que todo aquele amor não pode ter acabado assim. Sei que dentro de você ainda existe um sentimento por mim. O medo de te perder já virou realidade, mas o medo de que algo ruim te aconteça me assombra diariamente. A saudade, a solidão, o medo viraram minhas fieis companheiras. Depois de a vida nos colocar em prova com a distancia eu tenho toda a certeza de que eu te amo. Muitas vezes pensei como seria a minha vida sem você, mas nunca quis saber a resposta. Tive medo de ter um plano B, sempre quis que fosse pra sempre. Agora acabou! E mesmo com o coração partido, os pedaços do meu coração ainda nutrem um amor por ti. Você sabe o que é olhar nossas fotos e imaginar como seria estar vivendo tudo àquilo outra vez? Por acaso, já passou pela sua cabeça o que é acorda de madrugada pra esperar uma daquelas mensagens? Imagina a agonia de ter a tola esperança de ouvir minha mãe dizer, ‘ é pra você’ quando o telefone toca? Eu te amo de um jeito puro e doloroso. Não posso te pedir, muito menos te cobrar alguma coisa, mas queria que por algum minuto do seu dia você pare e pense o que eu signifiquei pra você! Não precisa me dizer nada, só pense. Vou ficar aqui torcendo para que seu lábios se formem em sorriso ao lembrar o meu rosto.

domingo, 19 de dezembro de 2010


Não sou muito boa com as palavras quando se trata de escrever sobre meus sentimentos, pois eu não consigo organizá-los dentro de mim. Me sinto insegura em relação as pessoas que me cercam porque não acredito que sou capaz de fazer o melhor e apenas aceitei essa condição, não corri atrás da mudança. Ontem ouvir dizer que me acham muito solitária e essa afirmação me fez refletir. Por que ajo assim? Me sinto mal por não confiar nas pessoas. Mantenho um distancia que julgo saudável dos outros, mas sofro com a solidão. Me isolo, mas queria ter pessoas perto de mim. Sou uma contradição ambulante. Cheia das precauções pra não sofrer, mas são essas precauções que me arrancam lagrimas no silencio da noite. Não sei o que devo sentir, como devo tratar a dor que se instalou no fundo do meu peito e a cada lembrança de um passado feliz essa mesma dor me lembra que está lá comigo e não há soluções, não tem como correr ou se esconder ela sempre estará, me dizendo o porque de se isolar.

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010



Olha, entenda uma coisa: eu vou te amar apesar de toda a distância que existe, por mais que você cometa a pior das besteiras, por mais que você quebre o meu coração. Sabe porque? Porque meu amor por você é verdadeiro. Daqueles que a gente sacrifica a própria felicidade para ver o outro feliz. E por mais que todos me digam para te esquecer, eu não quero e não vou fazer isso. Por mais que agora você esteja à milhas de mim, podendo estar com ela agora, eu não vou te esquecer. Pode soar um pouco infantil isso, e então você vai se perguntar: “Então você vai continuar sofrendo por um cara que você não se sabe se ainda se importa e que está tão longe de ti?” Sim eu vou. Porque eu ainda acredito que vamos ficar juntos algum dia.
(ary leal)
Disse tudo que sinto.

domingo, 12 de dezembro de 2010


Já parou pra pensar que o mundo não gira em torno de você? Confesso que você é o dono do meu coração, controlador dos meus pensamentos e o assunto preferido das minhas conversas, mas já passou pela sua cabeça que o desprezo, a dor, o rancor, a magoa, a insegurança, o medo pode acabar com tudo que sinto por você aos poucos? Pois é, pense nisso. Aos poucos estou me sentindo livre de você, livre da sua influência, livre do poder que você tem sobre mim. Quer saber como consegui? Foi fácil. Simplesmente percebi que eu amo quem você foi um dia, você mudou muito e nesse tempo meu amor também mudou.
Cada vez que eu digo “eu te amo”, cada vez que eu digo “eu sinto sua falta” e toda vez que eu digo “eu preciso de você” é verdade. Eu te amo, de um jeito que não da pra explicar, de um jeito tão bom, tão lindo e tão real, que eu não consigo descrever. E você sabe o quanto eu sinto sua falta, o quanto eu odeio ficar longe de você, não poder te tocar, não poder te ver, não poder falar contigo, isso machuca tanto. E só eu sei o quanto eu preciso de você, o quanto cada gesto seu, cada sorriso, cada palavra, importa pra mim, tudo que você faz importa pra mim, e tudo isso me faz feliz, só você me faz feliz. Eu te amo, sinto sua falta e preciso de você, de verdade.

http://mygift.tumblr.com/

segunda-feira, 29 de novembro de 2010


Quero te esquecer, mas não posso apagar as lembranças de tudo que a gente foi juntos.É difícil imaginar uma vida na qual você não está presente, porque todas as vezes que pensava em felicidade era o seu rosto que me vinha a mente, é como se não existisse felicidade sem o seu sorriso, sua voz, seu jeitinho de falar que me ama. Eu não quero isso pra minha vida, que alias, está apenas começando. Quero poder sonhar, correr, cantar, escrever, desenhar, conversar, sorrir sem a sua presença. Fiz de tudo e mais um pouco para que nossa história desse certo, mas um relacionamento é constituído por coisas que falta em você como confiança, companheirismo, respeito, afeto, sinceridade. Não vou dizer que não sofro com sua ausência, prefiro dizer que depois de tanto sofrimento a dor da saudade é melhor do que a dor do desprezo.

sexta-feira, 26 de novembro de 2010


Ando brigando com o relogio por passar muito rapido, brigando com a minha sombra por estar me seguindo, com o meu reflexo no espelho por não estar de acordo com o meu desejo, brigo com as minhas notas por não estarem mais altas e o pior de tudo é que brigo comigo mesmo por não conseguir te esquecer e continuar sofrendo tanto assim, brigo com a minha memoria por não lembrar o que eu fiz para te afastar.

domingo, 21 de novembro de 2010


Eu não estou precisando de ninguém, preciso de mim mesma. Diariamente tento encontrar forças dentro de mim pra levantar a cabeça e realmente sentir o que eu venho mentindo esse tempo todo. Preciso encontrar a minha alegria de viver, a vontade de ser eu, motivos pra continuar. Ando desanimada com tudo a minha volta. Acho que cansei das coisas não darem certo pra mim. Queria ao menos uma vez me sentir viva, me sentir como antes. Olho-me no espelho e vejo tudo o que me dá medo. Vejo solidão, tristeza, mau-humor, preguiça, feiúra, medo, ressentimento, magoa, morte, desanimo. Onde foi que me perdi e não percebi? O meu amor-próprio, a vontade de viver, a alegria, a empolgação, o brilho no olhar, o sorriso foram tirar ferias e esqueceram de me avisar? Tenho tentado me esconder a minha insatisfação atrás dos meus sorrisos falsos, excesso de alto-astral, das musicas, mas quando ninguém me olha choro, choro porque parece que a única coisa que esta ao meu alcance é chorar. Me queria de volta. Não posso culpar os outros por eu estar assim, isso é consequência dos meus sentimentos, das minhas ações e pensamentos. Se alguém me encontrar por ai diga que preciso de mim.

domingo, 14 de novembro de 2010


Me chamo Nathalia Luiza Penna Santos, moro em Ipatinga. Na verdade, Amaro Lanari (meu bairro) fica na divisa de Ipatinga e Coronel Fabriciano. Nasci dia 3 de março de 1995, tenho dois irmãos, a mais velha tem 17 anos e o mais novo é por parte de pai e tem 7 anos, tenho uma relação muito legal com eles. Meus pais são separados e eu amo a esposa do meu pai e o namorado da minha mãe. A minha grande paixão é musica, não sei bem explicar o por quê, mas eu me sinto bem ouvindo. Sou muito nervosa e a única coisa que me acalma é chocolate *-*. Não tenho muito amigos, acho que não me do bem com as pessoas da mesma idade a onde eu moro. Eles fazem o estilo quero ser famosinho e eu não vivo assim, mas os amigos que eu tenho são de suma importância pra mim. Sou orgulhosa, extremamente ciumenta, às vezes arrogante, preguiçosa, carinhosa, romântica, dramática, carente, nostálgica e bipolar. Adoro física, biologia e química, mas isso não quer dizer que sou boa nessas matérias. Faço curso técnico de formação gerencial no ETFG e adoro o curso. Tenho medo do escuro e de altura. Sou alta pra minha idade, tem o cabelo castanho, olhos verdes folha seca, tenho piercing de argolinha preta no nariz e tenho piercing no umbigo, tenho um alargador na orelha direita e tenho quatro furos na orelha esquerda. Meu gosto musical é muito variado vai de Fresno a Jorge e Mateus e o meu ídolo é o Lucas Silveira. Não sigo nenhuma religião, mas acredito e confio em Deus. Adoro estudar, adoro ficar fazendo planos na cama antes de dormir e na hora que acordo. Queria muito aprender tocar violão. Se pudesse via series e filme o dia todo. Meu filme preferido é P.S: I Love You. Adoro ler e um dos meus livros preferido é Sussurros e amo a saga Twilight, vejo os vídeos do Felipe Neto, amo meus pais, meu ursinho leozito, meus irmãos, meus esmaltes, meu quarto, o meu cruzeiro <3 e meus amigos. Odeio qualquer tipo de preconceito, odeio o fato das pessoas fingirem ser o que não são, odeio quando me acordam, odeio brigar com amigos, e odeio mais ainda não poder ajudar quem precisa, odeio falsidade, falta de amor próprio e puxa saquimos. Sou extremamente sentimental e até paranóica. Amo dia nublado e chuva. Mesmo no frio só consigo dormi com o ventilador ligado. Amo meu tumblr. Morro de saudade de quem está longe. Não gosto de sair. Gosto de passar o tempo escrevendo. Gosto de desenho animado. Sou sincera até demais.Sonho em fazer psicologia e ainda espero um mundo melhor. Prefiro escutar do que falar. Nos relacionamentos anteriores aprendi palavrão novos. Tenho vontade de conhecer Londres e morar em Porto Alegre. Acredito em amizade entre homem e mulher. Me preocupo demais com coisas insignificantes. Não desisto facil do que eu quero. Se pudesse ter um super poder seria o teletransporte. Não tenho TPM, porém, sou irritada, sensivel, agressiva o mês todo. Adoro poder ajudar quem precisa e sempre que precisam de conselhos ou carinho podem contar comigo. Sinto muita falta do que já passou. A minha infancia foi a melhor, apesar de ter durado pouco. Não acredito no casamento e nem sonho ter filhos. Quero ser independente,dona da minha própria vida. É, em poucas palavras, essa sou eu.

sábado, 13 de novembro de 2010


Por que você faz assim comigo? Me iludi, me deixa e depois vem com a cara mais lavada do mundo e dá uma desculpa esfarrapada. Não aguento mais. Eu tinha prometido dar uma chance para o amor e toda essa historia de felicidade de um namoro, mas mais uma vez estou machucada. Meu Deus, até quando será assim? Não adianta, por mais que eu me dedique, ore, torço no final tudo acaba igual. Se já sei o final pra que inicio um começo? Será que é muito querer ter alguém por perto, alguém que se preocupe, alguém que me de apoio, alguém que me respeite? Agora chega! Preciso dar um ponto final na dor, na angustia, no mal - humor. E você? Obrigada pelos olhos inchados de choros, as noites passadas em claro, os dias de mal-humor, as horas que me deixou esperando, os dias que não ligou, as mágoa que deixou. Enfim, obrigada por me lembrar como são os homens.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010


A vida continua como sempre, mas dentro de mim ocorrem transformações diariamente. Como será possível ser tão estável assim? Tem dias que meu humor varia de 15 em 15 minutos e eu não consigo encontra o motivo, apenas choro. Por que mesmo tento muitas pessoas ao meu lado continuo me sentindo sozinha e carente? Por que não posso simplesmente ser normal como todo mundo? Eu tenho medo de mim mesma. Minhas opiniões mudam muito rápida, sua impulsiva, ajo de cabeça quente, sou orgulhosa, chorona e são essas características que me fazem sofrer e o engraçado que são essas características predominantes em mim. Por quê? Será que haverá um dia que eu passe sem chorar e se lamentar?

segunda-feira, 25 de outubro de 2010


Todo mundo, independente de ser homem ou mulher já amou desesperadamente e depois percebeu que se enganou completamente e teve a opção de dar uma chance pra si mesmo de se apaixonar verdadeiramente ou insistir no erro. Todo mundo já quis o namorado (a) de uma amiga (o), mas nem todos colocaram um (a) garoto (a) acima da amizade. Todo mundo já se arrependeu de ter feito alguma coisa ou por não ter feito. Todo mundo já bebeu apenas pra esquecer o que estava acontecendo em sua vida e pensou duas vezes se aquela era realmente a solução. Todo mundo já fico dividido entre a razão e o coração. Todo mundo já saiu beijando sapos pra tentar achar seu príncipe. Todo mundo já amou e não foi correspondido, alguns lutam pela sua felicidade ou se acostuma com o fato de não ser amado. Todo mundo já passou por um momento ruim, mas o que fizeram para sair desse momento fica a critério de cada um. Todo mundo já ficou dividido entre dois amores. As opções geralmente são as mesmas, mas o que nos diferencia são as escolhas. É o rumo que você deseja dar a sua vida que te torna único, por isso, pense nas escolhas que irá toma. Existem caminhos que não há volta. E lembre-se não existe caminho pra felicidade, a felicidade é o caminho.

sábado, 23 de outubro de 2010



um namorado deu um desafio a sua namorada de viver um dia sem ele. Sem qualquer tipo de comunicação e a disse que se ela fizesse isso, a amaria pra sempre. A namorada aceitou. Ela não ligou ou mandou mensagem pra ele por todo o dia, sem saber que seu namorado tinha apenas 24 horas de vida por que estava sofrendo de câncer. Ela foi a casa de seu namorado feliz no dia seguinte. Lagrimas cairam enquanto ela o viu deitado em uma nota ao seu lado: ”Você sonseguiu, amor. E agora, você consegue fazer isso todo dia? EU TE AMO

segunda-feira, 18 de outubro de 2010


Ele: Por que você tá chorando?

Ela: Porquê eu te amo.

Ele: Isso é motivo de chorar?

Ela: É porque eu te amo tanto, que dói. Eu te amo de um jeito que eu achei que nunca amaria alguém na minha vida. É porque eu nunca pensei que acharia alguém pra mim, e achei você, perfeito pra mim e isso me faz ter um pouco de medo, me faz ter medo de errar com você e te perder.

Ele:

Ela: O que houve? Por que você tá chorando?

Ele: Eu tô chorando porque eu sou incapaz de te amar do jeito que você me ama, eu tô chorando porque não posso fazer você feliz hoje e nunca poderei, eu choro porque eu amo outra pessoa que não é você, e choro mais ainda por te fazer sofrer.

Ela:
Eu já sabia, eu sempre soube. Por isso eu chorava tanto, sempre por te amar demais. Mas agora, por te amar demais, eu te deixo livre pra ser feliz, como você deve ser. Te deixo livre pra amar, quem você quiser.

domingo, 10 de outubro de 2010


Quando olhei o reflexo dos meus olhos no espelho eu vi seu sorriso e me lembrei o quanto aquele pequeno gesto de mostra os dentes me deixa feliz. Sou apenas o reflexo do amor que você me dá e por muito tempo foi suficiente, mas de uns tempos pra cá fiquei mais exigente. Migalhas de atenção não me satisfaz, preciso de mais, de muito mais. Talvez eu esteja cobrando muito pedindo amor, carinho, consolo,amizade, compreensão, desculpe-me por isso. Foi erro meu achar que você era capaz de amar alguém de verdade e deixa o resto pra traz. Foi erro meu achar que você se importava com os meus sentimentos. Foi erro meu achar que era tão importante pra você o quanto você é pra mim. Graças a Deus que temos segunda chance. E não pense que optarei mais uma vez pelo segundo plano, pelas migalhas, pelas humilhações, pelas frequentes desilusões. É a hora da mudança, da diferença. É hora de olhar mais pra mim e fazer o que estiver ao meu alcance pela minha felicidade e se depois de tudo isso o que eu te disse você não resolveu mudar suas atitudes e rever seus conceitos é porque no mínimo estava certa quando disse que não era tão importante pra você. Engraçado, pela primeira vez na vida queria estar errada.

sábado, 9 de outubro de 2010

Aluno Destaque


Algumas pessoas podem achar bobagem e não levar a serio o mérito de aluno destaque, mas pra mim foi um orgulho e uma honra saber que meus esforços valeram apena. Sempre coloquei a escola em segundo plano, não tinha motivação pra estudar. Mas esse ano eu descobri uma vontade de aprender que não sabia que eu tinha. Podem tirar tudo o que tenho menos os conhecimentos que adquiri. Sei que ainda tenho muito a aprender, mas saber que meus esforços já estão sendo reconhecidos eu me sinto motivada a continuar.

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Meu herói


Mesmo com tudo que já se passou não consigo não amar e querer estar perto do meu pai. Eu o amo e não tenho mais receio de gritar esse amor pra quem quiser ouvir. Ultimamente venho aprendendo que cada um tem seu jeito de ser e o seu espaço e não devo questionar isso. Meu pai já fez muito por mim e continua fazendo, quer uma prova maior que essa de que sou amada por ele? Sinto muito a sua falta e sofro com sua ausência. Isso é bem irônico pois ele mora a poucas ruas da minha casa, mas quando eu digo que sinto falta dele quero dizer que sinto falta do pai que ele era. Prestativo, carinhoso, brincalhão, amoroso, enfim, pai. Sofria muito com a rejeição que sentia por parte dele e acho que nunca cheguei a comentar isso com muitas pessoas. Na minha infância ele costumava ser o meu super-herói por isso colocava muito peso sobre os seus ombros e o julgava perfeito, nesse época não sabia que perfeição não existe. Somos muito idênticos e talvez isso nos afaste. Somos cabeça dura, orgulhoso, solitário e fechado talvez até impenetrável. Cansei que fingir indiferença em relação ao senhor pai, cansei de negar e sofrer por te amar. Eu te amo sim, e muito e não quero te perder, não quero ser forçada a ficar longe do senhor. O senhor foi de extrema importância quando eu estava doente, foi o senhor que me deu o primeiro banho, foi o senhor que me levava pra passear, me levava na escola, penteava meu cabelo, me maquiava, fazia a minha unha, me pega no colo no banho, que não me deixo falta nada, que mesmo com seu jeito durão me ama incondicionalmente. Desculpa pai por ter cobrado muito do senhor, por não ter te entendido, por não estar sempre ao seu lado e ser muito ausente. Eu te amo independente de qualquer coisa, afinal, o senhor é o meu amado e adorado pai. s2

sexta-feira, 1 de outubro de 2010


"Querida Holly, Eu não tenho muito tempo, não digo literalmente é que você foi comprar sorvete e vai voltar logo! Mas tenho a impressão de que é a última carta porque só resta uma coisa pra dizer, não é para se lembrar sempre de mim ou comprar um abajur, você pode se cuidar sem a minha ajuda, é para dizer como você mexeu comigo, como você me ajudou me amando, você fez de mim um homem, Holly, e por isso eu sou eternamente grato, literalmente. Se pode me prometer alguma coisa, prometa que sempre que se sentir triste ou insegura ou perder completamente a fé vai tentar olhar para si mesma com meus olhos. Obrigado pela honra de ter você como esposa, eu não tenho o que lamentar, tive muita sorte. Você foi a minha vida Holly, mas eu sou apenas um capítulo da sua, haverá mais eu prometo portanto aqui vai o meu grande conselho: não tenha medo de se apaixonar de novo, fique atenta àquele sinal de que não haverá mais nada igual.
P.S. Eu sempre vou te amar."
P.S: Eu te amo

quinta-feira, 23 de setembro de 2010


“O amor é um negócio horroroso e terrível praticado por todos. Vai partir seu coração e te deixar na pior. O que sobra pra você no final? Nada além de algumas incríveis lembranças que não se esquecem"
ABC do Amor.

sábado, 18 de setembro de 2010


Quando eu mais me perco é quando estou tentando me encontrar. Quando mais tenho medo são nas horas que precisava ser forte.É engraçado como perco as coisas, sempre é no momento em que mais preciso delas. Assim é com tudo. Seja sentimental ou material, sempre falta uma peça importante do encaixa da minha vida. É irônica a minha necessidade de não estar sozinha quando todos, mesmo que sem querer, me deixa sozinha. Tudo esta ai pra me mostrar mais uma vez que não há escapatória, sempre será assim.Eu contra o mundo.

segunda-feira, 6 de setembro de 2010


Será que estou fazendo certo? Não sei. Às vezes sinto tanto medo de esta fazendo tudo errado de novo. Ultimamente não faço outra coisa além de curar feridas. É engraçado ver as coisas pelos meus olhos recentemente, olho sempre o lado negativo das coisas e me sinto bem com isso. Tenho me apegado muito as minhas lembranças, fotos, músicas, textos velhos e de um jeito surpreendente essas coisas tem um efeito positivo. Sinto falta das pequenas alegrias do meu dia, mas essa felicidade parece estar tão distante. Não tenho de onde tirar forças pra acreditar num futuro prospero e feliz, não tenho a receita para passar essa fase da minha vida de cabeça erguida. Cansei de ser apenas eu contra o mundo, cansei de ficar fingindo que estou bem e que tudo isso não me afeta de alguma forma. A feridas dentro de mim que parece não cicatrizar nunca e com certas palavras essa ferida dói como se tivesse jogado sal e álcool. Até quando será assim? Até quando essa insegurança vai habitar em mim?

domingo, 5 de setembro de 2010


Porque só havia uma coisa em que eu precisava acreditar para poder viver – eu precisava saber que ele existira. Era só. Todo o restante eu podia suportar. Desde que ele tivesse existido.
(...)
Era paralisante, aquela sensação de que um buraco imenso tinha sido cavado em meu peito e que meus orgãos mais vitais tinham sido arrancados por ele, restando apenas sobras, cortes abertos que continuavam a latejar e a sangrar apesar do passar do tempo. Racionalmente, eu sabia que meus pulmões estavam intactos, e no entanto, eu arfava e minha cabeça girava como se meus esforços não dessem em nada. Meu coração também devia estar batendo, mas eu não conseguia ouvir o som da minha pulsação nos ouvidos; minhas mãos pareciam azuis de frio. Eu me encolhi, abraçando as costelas para não partir ao meio. Lutei para ter meu torpor, minha negação, mas isso me fugia.
New Moon

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Saudade.


É, chego o que eu mais temia desde o começo do ano, ele foi embora. Ele foi, mas vai voltar. Eu acredito que o nosso amor vai passar por mais essa dificuldade. Não sei como vou conseguir fica sem ele 3 anos, mas eu vou tentar. Estou totalmente despedaçada, o que me mantém firme e pensar no nosso lindo futuro que temos pela frente. Vamos passar por isso juntos. Eu te amo demais <3

quinta-feira, 29 de julho de 2010



Tudo na vida dela se resumia nele. Pra ela, ele era a coisa mais importante de sua vida, o real motivo de tudo. Qualquer pensamento que surgia em sua cabeça estava relacionado a ele, qualquer coisa a fazia lembrar do seu amor, precisava da aprovação dele pra qualquer coisa que pensava em fazer. Era totalmente dependente dele. Isso não era bom, nunca foi. Mas ela tinha prazer de viver assim, era como uma prova diária do seu afeto. Afinal, ela só o tinha, todos os outros que juraram amor eterno e nunca a abandoná-la no final iam embora. Mas ele não. Ele sempre esteve ali. E ela sabia que sempre o encontraria do seu lado. Ele tinha lhe prometido nunca deixá-la e ela sempre acredito. Sempre quis que ele tivesse conhecimento dos seus sentimentos, e pra isso não media esforços. Mesmo com seus inúmeros defeitos tentava ser perfeita pra ele, ela só queria que ele a amasse pelo mesmo um terço do quanto ela o amava.
Ela tinha plena consciência de que alguns de seus atos e defeitos feriam a ele de um jeito doloroso e se odiava por isso. Ela só queria libertar seus monstros que a assombrava e ser feliz. Ela depositava nele toda a sua vida, seu amor, tudo de bom que ela poderia oferecer ela entregou a ele. Sempre quis cuidar e protegê-lo. Queria agradecer todo o bem que ele a fazia fazendo-o feliz. E por algum tempo achou que estava conseguindo.
Com o tempo ele não era mais o mesmo. Ela não reconhecia mais o amor da sua vida. Não sabia como ele podia ter mudado tanto sem ela ter si dado conta. Mas a única explicação coerente é as novas amizades do amado. Junto com as mudanças veio o mal. O sofrimento, a dor, a angustia, o egoísmo, a falta de compreensão, as discussões, as decepções e o medo. Nada era como antes. Ele não fazia outra coisa além de machucá-la diariamente. Ela estava totalmente destruída, desiludida, confusa, sozinha. A todo o momento ele dizia em deixá-la, falava coisas que só a deixava pior ainda. Ela não aguentava mais toda essa tristeza, esse desamor, esse sofrimento inacabável. Mesmo com tudo seu amor por ele permanecia ali, intacto, talvez ate o amava mais. Ela queria passar que essa fase ruim passasse logo e voltar tudo como tinha que ser, os dois juntos. Por muitas e muitas vezes passou pela sua cabeça arrancar o mal pela raiz, acabar com sua vida. Felizmente, essas idéias idiotas eram apenas passageiras. O que restava a ela era juntar seus cacos e seguir sua vida em frente.

terça-feira, 27 de julho de 2010


Agora chega! Cansei de fingir que não ligo. A muito tempo meu formspring se tornou uma baixaria. Só tem perguntas anônimas me chingando, cansada disso parei de responder essas coisas, mas já cansei. Caralheo vei, se tem alguma coisa contra mim chega em mim e fala o que tu pensa, porque é extremamente ridiculo ficar me chingando anônimamente pelo formspring. Ninguém é obrigado a gosta de mim e nem quero que você goste de mim só quero que seja corajoso (a) o suficiente de dizer tudo isso na minha cara. Esse tipo de coisa me deixa mal, uma pessoa que provavelmente não me conhece ficar falando mal de mim assim. Não sei porque a maioria das pessoas não gostam de mim, mas não me importo. Me importo com o fato de me difamar por ai sem o mínimo de conhecimento. CHEGA! Não responderei mais a esse tipo de coisa, só que hoje estou ao extremo do sensível e não acho que mereço isso. A vida é minha e eu sei controla-la muito bem. Espero que você tenha vida própria pra poder tomar conta da sua.


PS.: http://www.formspring.me/nathaliapenna

domingo, 25 de julho de 2010



Dá vergonha de ser dessa geração. Me explica como as meninas de hoje são facilmente manipuladas por bandinhas como Cine, Restart, Hori, colírios da capricho, vida de garoto, Crepúsculo, panelinhas, nem vou comentar de Justin Bieber. Não estou criticando as pessoas que gostam dessas modinhas, ate porque eu adoro Crepúsculo e escuto Restart só estou expressando minha indignação pela obsessividade de fazer dessas coisas a vida delas.Gente! A vida é muito mais do que admirar essas coisas só porque todo mundo faz isso. Cade a personalidade, o amor próprio, a vida própria dessas pessoas? Sei que já postei sobre isso, mas a cada dia que passa me sinto mais esquisita por não fazer parte de tudo isso. Tenho medo de onde isso vai parar. Meninas agora só querem os garotos afeminados, quanto mais parecido com mulheres melhor. Juro que não entendo. Eu via sim os colírios no site da Capricho só que nunca pensei em idolatrar esses caras, afinal, qual é o talento deles? Ser bonitinho? Costumo gostar de coisas com sentido. Como a pessoa pode viver um livro? Não, a sua vida não é Crepúsculo. Queria só por um momento entender o que se passa na cabeça de pessoas assim. Me da medo. Quando beijo alguém é porque de algum jeito gostei dele, achei ele bonito ou coisa assim,e não costumo beijar qualquer um, pra mim, tem que haver pelo menos algum sentimento. Que seja apenas desejo, mas tem que haver. E isso é raro demais. Menininhas de 13 anos não brincam mais de bonecas, elas tão nos shows beijando geral. Isso é realmente deprimente. Tenho vergonha, só isso.

sábado, 17 de julho de 2010

Meu porto seguro


Me sinto melhor, como se tivesse tirado toneladas de cima de mim. Por toda minha vida guardei sentimentos que me sufocava apenas pra mim. Acreditava que não tinha alguém que eu confiasse tanto a ponto de dividir coisas tão intimas. Mas, felizmente, estava enganada. Todo esse tempo tinha ao meu lado confiança, força, carinho. Descobri outra função da amizade que é a confiança. É muito bom não ter que fingir o tempo todo que esta bem, não ter que conversa em silencio consigo mesma, poder dividir coisas e até ter mais um cabeça pra pensar nas soluções, afinal, duas cabeças pensam melhor do que uma. É bom pra mim saber que tenho você, mesmo quando eu achar que não, você estará lá. Obrigada por isso. Eu te amo!

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Você já tomou sua decisão. Decidiu espatifar meu coração em milhões de pedaços e arruinar com a promessa que me fez em uma noite olhando as estrelas, você prometeu nunca me abandonar como os demais fizeram e eu acreditei. A escolha é sua. Mesmo com o coração partido, mais uma vez, não posso dizer que estou mal. Acho que será sempre assim e é impossível querer muda algo que já esta destinado a ser. Só queria que você tivesse se dado conta mais cedo de que não o faço bem, assim evitaria que as lágrimas caisse e meu coração se partisse. Se acha que com a distancia, com minha ausência as coisas vão melhorar pra você, é porque sou os seus problemas, sua contradição, sua angustia, seus medo, seu fim e agora o seu passado.

terça-feira, 6 de julho de 2010

Adolescentes

Bom, acho que comecei a entender o motivo de ter medo, evitar as pessoas. A sociedade em geral está me assustando principalmente os adolescentes, ou melhor, essas crianças crescidas. A personalidade e a opinião própria estão extintas atualmente. Não se sabe mais o que é amizade, amor, carinho porque todos estão ocupados demais procurando a tal popularidade tentando provar pra si mesmo que é melhor do que os outros, mostrar pra geral que são rodeados de amigos e é super querido. Mas essa suposta amizade vai ate quando? Até ser conveniente para ambos? Até aquele que você diz ser seu melhor amigo for popular? Até ter conseguido provar que é o foda? O preconceito anda de mãos dadas com os essas crianças crescidas denominadas adolescentes. Se não for bonito (a) o suficiente, magro (a) o suficiente, se não gosta das mesmas coisas, se não tiver a mesma opinião, quer dizer, se você tiver opinião, se não tiver dinheiro, se não se vestir de acordo, se não ouvir as mesmas musicas, se não for popular consequentimente será julgado e condenado. Você estará violando a mais grave das regras do novo mundo: Você está sendo você mesmo. Estou cansada dessa banalização do eu te amo. O que sabem sobre o amor? Quando eles sentiram pelo menos algo perto do que seja amor? O que eles entendem sobre o que amar alguém? Estão encarado esse mágico sentimento com uma oportunidade de status. São marionetes da mídia, são facilmente manipulados. Não sabem nem do que eles gostam, não sabe nem quem são, só sabe que deve a todo custo estar em destaque. A vontade de aparecer e se mostra chega ao extremo. Beijão qualquer um, mostra peito na internet, dá pra um desconhecido, agem de má fé, faz qualquer coisa para tentar disfarça o quanto são vazios. Sim, vazios, porque alguém que tem que estar constantemente provando pra todos que são capazes, mendigando amizades falsas, fumando e bebendo até caírem achando que assim serão mais respeitados e admirados por estarem acabando com sua própria viva. Ai essa fase acaba, e espero que seja logo, e o que restam pra eles? Lembranças do quão patético foram? Os graves problemas de saúde causados pela burrice de mostra que é o adulto? São todos superficiais, patéticos, preconceituosos, solitários, ridículos e podemos dizer ainda, sem coração. Incapazes de amar alguém sem serem eles mesmos, incapazes de uma boa ação sem ter segundas intenções. E o que eu tenho haver com isso? Nada. Simplesmente cansei de viver em um mundo assim onde o que conta são quantos perfis de Orkut tem lotado, quantos te seguem no twitter porque é só isso que importa pra eles, terem fama. Infelizmente faço parte dele universo dos adolescentes. Mas a diferença é que não me deixo levar pela opinião dos outros, tenho minhas próprias convicções, não preciso provar nada pra ninguém, não preciso e nem quero a aprovação e falsa amizade de ninguém. Pode não ter sido eterno, mas tudo o que vivi foi verdadeiro e pra mim isso que conta. Talvez seja por isso que tenho tantas inimizades, tantos problemas com pessoas da mesma idade. Estava preocupada o por que de ser tão afastada de tudo e não fazer parte de todo esse mundo criado e comandado por futilidades, mas depois dessa reflexão agradeço a Deus por ser influenciável.

domingo, 4 de julho de 2010

Recaida


Tenho que falar o quanto estou precisando de alguém. Eu tenho evoluído no aspecto ser feliz, mas momentos assim ainda fazem parte da minha rotina. Ontem percebi que tudo que perdi me faz falta. Às vezes digo que não me importo com pequenas coisas significantes, mas só eu sei o que sinto quando vejo que não são possíveis, pelo menos pra mim. Já sentiu que não faz parte desse mundo? Já se perguntou: o que estou fazendo aqui? Pois é, é assim que estou me sentido. Sinto muita falta do meu passado mais especificamente da minha infância. Parte de todos os meus problemas de ciúmes, carência e falta de confiança em mim vem do meu período de transição de criança para pré-adolescente. Tudo mudou desde então. Eu costumava ser doce, carinhosa, prestativa, meiga, dedicada e agora eu sou ciumenta, possessiva, estressada e preguiçosa e sei que são por esses motivos que afasto as pessoas de mim. Eu queria poder ser diferente, voltar a ser o que era. Mas eu sei que isso não será mais possível porque passei por coisas que me fizeram ser o que sou. Tudo isso é uma barreira para me proteger de tudo que já aconteceu. Tenho medo das pessoas, parece que elas sabem o que me ferre, sabem a receita para me fazer chorar. Desculpa, mas eu precisava dizer isso.

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Novo Amanhecer


Nascia mais um dia, outro qualquer, mas não pra ela. Pra ela era o dia, mesmo não entendendo o por que. Ela apenas acordo feliz, disposta a viver inteiramente para ser o melhor que conseguia ser. A luz do sol iluminava o seu olhar e deixava seu sorriso mais verdadeiro. Finalmente ela descobriu que o destino é feito por nós mesmo e que toda caminhada é mutável e cabe a cada um descobrir e por em pratica a sua verdade. Ela estava radiante, mais bonita até. Deixou o ar fresco da manhã limpar sua alma, libertando de tudo que a lembrasse que já foi infeliz. Ouvia ao fundo narrações da sua vida e se sentiu telespectadora da mesma. Lamentava por não ter percebido o quão tola foi de deixar sua vida passar sem reparar na beleza da manhã, a delicadeza das flores, o vento batendo em seus cabelos. Tentou se lembra o por que de só agora poder rir de tudo e apenas lembrar do motivo que estar a tanto tempo adormecida. Não importa mais, nada pode tirar a alegria de descobri que ainda pode ser feliz. Ainda o tem do seu lado, ainda tem algo bom dentro de si.

terça-feira, 29 de junho de 2010



Parada ali em frente ao espelho me dei conta do quanto quis enganar a mim mesma escondendo tantas coisas, tantos sentimentos. Ao olhar meu reflexo vi toda a minha vida em meus olhos, senti todas as dores e alegrias que já tive. Por um momento podia jurar que meu coração estava se reconstituindo e todos aqueles buraquinhos que se transformavam em cratera dia após dia estava sendo preenchido por um sentimento novo, totalmente desconhecido, mas me senti confortável, me senti bem. Comecei a me reparar fisicamente e lembrei-me de um texto que li na internet que falava sobre o significado da cor do cabelo. Cabelo preto: é fiel e não gosta de aventuras. Apresenta certa timidez, mas é uma hábil sedutora no amor. Romântica ao extremo, se mostra sempre apaixonada, o que fortalece a relação aos olhos da pessoa amada. Dignidade é sua marca registrada. Tem prazer em mimar seu parceiro. Expert em conseguir o que quer do seu amor. Pode ser que tenha algum fundo de verdade nesse texto, mas eu não sei. Estou me admirando e me conhecendo. Pude nota claramente o quanto me escondo do mundo por medo de relevar tudo àquilo que penso e faço. Acho que está na hora de mudar, de realmente ser eu, me libertar. Sei que já disse isso muitas vezes, mas dessa vez sinto que será diferente já posso sentir todas as transformações ocorrendo em mim. Estou sendo tomada pela verdade, a minha verdade. Quero viver sem ter meu passado como base, sem me senti obrigada a ser apenas um reflexo de tudo o que pensei ser. Ter o passado apenas como lembrança, viver intensamente o presente e esperar o futuro, assim pretendo continuar vivendo.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Família


Aprendi que não existe laço mais forte do que a família. Sempre haverá desavenças e conflito, mas com muito amor esses problemas se resolvem de maneira tão fácil que nem parece que brigamos. O amor incondicional que sinto por vocês é escondido atrás de muito stress, mau humor, e falta de compreensão em relação a isso eu peço mil desculpa. São o bem mais precioso que possuo, amo vocês demais. ♥

quinta-feira, 24 de junho de 2010



Decidi fazer diferente. Não vou falar da minha indecisão ou o quanto não estou bem. Hoje vou apenas agradecer, é isso mesmo, vou agradecer por tudo de bom que já me aconteceu e que acontece. Primeiramente queria agradecer a Deus que sempre esteve comigo e por mais que em alguma hora perco a fé Ele está comigo, não me deixando desistir. Muitas vezes o costume de ver defeito em tudo me cega para as coisas lindas que me cercam, como um gesto de carinho ou um olhar sincero. De hoje em diante irei eternizar todos os momentos com as pessoas que eu amo, pois acredito que são nesses pequenos momentos que somos felizes. Estou aprendendo a viver o que a vida me oferece deixando de lado a antecipação de um sofrimento. Então, concluindo meus agradecimentos só quero dizer: Obrigada! Obrigada a todas aquelas pessoas que mesmo por único instante arrancou um sorriso do meu rosto, as pessoas que não me julgaram pelas palavras dos outros e me deu a chance de apresentar o meu eu, a todos que em algum momento da vida me escutou e acendeu a luz no fim do túnel da minha confusão. Obrigada as pessoas em que algum momento foi meu amigo! <3

terça-feira, 22 de junho de 2010


Então, pensei que não suportaria os dias que se passaram, mas descobri dentro de mim uma força inexistente. Muitas coisa que se passaram e que chegará estão abalando todo o meu edifício interno. Dentro de mim mora apenas a solidão e o medo, minha alma está assustada e confusa, meu coração com dor e transtorno. E por alguns poucos minutos consigo sorrir, por tudo aquilo que se passou. Por mais estranho que possa parecer ainda, antes de dormi, fantasio toda uma vida, aquela que pra mim seria perfeita. Estou cansada de ficar em estado de alerta tempo integral, cansei de me preocupar com a minha volta, cansei de tentar entender tudo que ocorre dentro de mim e principalmente cansei de fingir que não me importo. Eu me importo e muito com o fato da vida está me tirando a melhor coisa que me aconteceu em toda a minha vida, o fato de viver em um clima de guerra, o fato de não conseguir ser tudo o que queria, o fato de ter que encarar a realidade de que não podemos confiar nos outros e por eu não conseguir manter o afeto das pessoas por muito tempo. Não estou bem e não vou ficar tão cedo. Algumas verdades que foram me ditas me fez perceber o quão tola eu fui de tentar ser mais tolerante e engolir meu orgulho. Garanto que daqui pra frente muitas coisas serão diferentes.

domingo, 20 de junho de 2010

Léo Oliveira


Acho que é isso mesmo, nasci pra te conhecer. De uns tempos pra cá você é a única coisa, a melhor coisa, que me mantém de pé apesar de tudo. O que eu sinto por você já ultrapassou a muito tempo do real, é uma relação de dependência. Não imagino não ter você como meu melhor amigo, meu refugio, minha saída. Mesmo que eu mude, como estou mudando, o que sinto em relação a você sempre será o sentimento mais lindo que consigo ter, porque você me proporciona esse sentimento, você conquistou o mais puro amor. Pessoas vêm e vão na minha vida e não importo muito quando chega a hora da partida, quer dizer,não importava até te conhecer. Foi você que abriu os meus olhos pro melhor da vida, me ensino a viver não apenas existir, me mostrou meu lado bom que só se revela por inteiro ao seu lado. Você, Leonardo Oliveira, é a melhor coisa que eu tenho. É o real motivo do meu sorriso, é o mais lindo espelho da minha alma, é o meu grande e verdadeiro amor. Pode ser muito precoce dizer isso com apenas 15 anos de vida, afinal, tenho a vida inteira pela frente e sinceramente quero passar essa vida toda te tendo do meu lado, mas eu já tenho a certeza que foi por você que eu cheguei a onde estou e também será por você que seguirei em frente, pois eu te amo e duvido que exista amor maior que esse. Diariamente, por ciúme, prometo a mim mesmo que não irei mais conversa com você e diariamente também quebro essa promessa, mas quebro feliz. Antes de você eu era vazia, desiludida, triste e inconseqüente e você me apresentou o sorriso sincero, o abraço mais caloroso, olhar mais cativante e o principal, me mostrou como ser feliz. Nada do que eu diga vai mostrar a dimensão dos meus sentimentos, então, só resta dizer: EU TE AMO MAIS DO QUE TUDO E ISSO JAMAIS VAI MUDAR!

Por que preciso tanto de você? Por que eu não posso simplesmente te esquecer? Por que sinto tanto a sua falta? Muitas vezes eu queria gostar um pouco menos de você, principalmente agora. Mas não resisto ao seu olhar, o seu jeito de falar que me ama, o seu sorriso me convidando pra ser feliz. A vontade de te ter já passou dos limites chegou ao extremo da necessidade. A cada dia que passa e eu estou longe de você é um pedaço de mim que se vai, porque ainda não aprendi a ser completa sem você do meu lado. Não, não pense que isso me faz mal, pelo contrario, eu gosto de te amar, de falar que te amo, gosto dos meus sorrisos quando estou ao seu lado, pois esses sorrisos são os mais verdadeiros e guardei pra você. Somente o seu amor, o seu abraço, suas palavras, suas brincadeiras, suas manias, seus defeitos são capazes de me livrar de todo mal que tenho dentro de mim. Por isso, nunca me deixei. Você é a melhor parte de mim.

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Ás vezes tudo o que eu quero é ficar sozinhas com meus pensamentos, mas isso não quer dizer que eu mudei ou estou estranha. Quer dizer que eu preciso de espaço pra mim mesmo, organizar todos os meus sentimentos. Já está me cansando todos os dias as pessoas me perguntarem o que foi, por que você está assim e blá. Todos precisam de um momento sozinho, e ultimamente estou precisando muito de mim mesma. Na maioria das vezes guardo todas as coisas que me machucam ou palavras que me deixam mal apenas pra mim porque acredito que certas coisas não precisam ser ditas; mas tem uma hora que todos aqueles sentimentos explodem dentro de mim e as palavras podem ferir alguém e é sem intenção nenhuma. Sou diferente do que demonstro ser. Sou sensível, qualquer palavra ou ação negativa pode me destruir por dentro. Sou orgulhosa, dificilmente dou o braço a torcer e odeio ter que pedir desculpas. Sou ciumenta, tenho que concorda que extrapolo; meu ciúme é extremamente grande e ele se estende a qualquer pessoa que eu sinto carinho muito grande. Sou caseira, definitivamente não gosto de sair. Sou preguiçosa, é, a preguiça me domina (rs). Sou viciada em música, acho que elas falam tudo sobre mim. Não tenho muitos amigos, amigos pra mim são aquelas pessoas que estarão com você sempre e pessoas assim, infelizmente, não conheço muitas. Gosto de escrever, não sei fazer isso muito bem, mas continuo tentando (rs).Sou mandona, eu gosto das coisas do meu jeito. Odeio pessoas sem personalidade, não tem nada mais paia do que pessoas que não sabem o que querem e segue opinião dos outros. Prazer, essa, entre outras coisas, é a Nathalia Penna.

quarta-feira, 16 de junho de 2010


Talvez eu já saiba o que tenho que fazer, e o que eu tenho que deixar. Talvez eu já esteja pronta para enfrentar mais batalhas da vida. Talvez eu já consiga lembrar sem chorar e se lamentar. Talvez eu já tenha encontrado uma saída para essa vida conturbada que tenho levado, ou só me acostumei com as surras diárias. Talvez eu já saiba o novo caminho a seguir. Talvez eu só esteja esperando uma oportunidade de apresentar um novo eu. Talvez eu esteja mais sentimental e melosa, ou mais fria e calculista,depende pra quem. Talvez eu já não me importo tanto com o que irá acontecer. Talvez eu já acredite em um sol depois da tempestade. Talvez eu já esteja preparada para perdoar verdadeiramente coisas que jamais pensei em perdoar. Talvez minha opinião em relação a vida tenha mudado. Talvez eu tenha amadurecido e aprendido a ser mais tolerante. Talvez esteja mais responsável pela minha própria vida. Talvez tenha aprendido a viver pra me fazer feliz, sem pensar muito nos outros. Talvez eu esteja sabendo amar. Talvez esteja amando as pequenas coisas como andar, correr, cantar, pular,chingar. Talvez eu já saiba controlar minhas vontades e desejos. Talvez sinta mais amor, mais paixão, mais saudade, mais felicidade, mais confiança no olhar, mais felicidade para viver. E o principal, talvez eu já saiba o que realmente quero e preciso.
E,finalmente, descobri. Os ultimos acontecimentos pode me destruir ou me fortalecer. Cabe a mim decidir.

segunda-feira, 14 de junho de 2010


A dor se instala no meu ser e funciona como um vírus, contaminando tudo que ainda tenho de bom. Os dias passam, mas tudo continua igual, frio e escuro. Palavras boas não surgem efeito em uma alma sofrida e por mais que diga tudo que é necessário a se fazer não faz diferença ela está extasiada pela dor e quando isso acontece não há nada a se fazer.

sábado, 12 de junho de 2010


Com o caos que vivemos hoje o que mais assombra é a duvida se aquela pessoa que diz milhões de vezes por dia que te ama é verdadeiramente confiável. Com o passar do tempo comecei a perceber que só palavras não adiantam de nada, pessoas que sempre me juraram amor eterno sem mais nem menos desaparece por completo e então a única lembrança que tenho é de palavras, essas palavras se perderam no ar. Muitas vezes nos importamos demais com quem te diz coisas bonitinhas e não damos valor a quem está do nosso lado mostrando de fato que é confiável e estará la sempre que precisar. Felizmente existe a amizade verdadeira, aquela que é constituída por ações e sempre que precisar de carinho, broncas, abraço, minutos de silencio ou simplesmente rir ela estará la. Quando achar que o mundo te esqueceu, que está sozinha, ela estará la. Quando precisa de alguém pra te ajudar com aquele plano maluco, ela estará la. Quando pagar o maior mico, ela estará la. Enfim, ela estará a onde quer que você vá.

domingo, 6 de junho de 2010


Acho que cansei de esconder os meus sentimentos, queria poder voltar a viver completamente sem medo da reação das pessoas. Mas eu sei bem que não serei capaz de ser como era antes, uma serie de mutações aconteceu dentro de mim me transformando de uma maneira espantosa. O máximo que eu posso fazer é enfrentar meus medos e quebras as barreiras que me impedi de ser feliz, creio que não será tão difícil pois depois de muito tempo estou começando a sorrir verdadeiramente. Novas mudanças estão por vir!

sábado, 5 de junho de 2010


Cometi meu pior erro, acreditei que poderia ser diferente do que eu esperava, sempre acreditei que a sinceridade e a amizade superassem qualquer coisa, pode ate ser que supera mais o que falta são as pessoas conhecer a sinceridade. Queria apenas saber como as pessoas pisam,humilham,destroem,machucam,magoa com um simples ato, um ato que muda toda uma historia. Estou em um momento de reformular a minha vida porque os planos futuros que tinha feito não têm possibilidade de se torna presente. Pode ser cedo demais pra dizer, mas o amor não é pra mim, quer dizer, eu tenho muito amor por uma pessoa que julgo não merecedora do mesmo, a felicidade não é pra mim porque sempre que estou plenamente feliz alguma coisa acontece e os sorrisos se transformam em lágrimas. Esse é um breve resumo de uma pequena experiência de 15 anos de vida.

quarta-feira, 2 de junho de 2010

A solidão me atingiu de tal forma que não há como fugir. E o pior é que tenho a plena consciência que é culpa minha. Sinto que afasto as pessoas de mim e por algum motivo desconhecido é nessa hora que mais preciso de quem eu amo do meu lado. A verdade é que sinto falta da minha força maior, da pessoa que esteve comigo em todos os momentos e agora não o tenho do meu lado. Às vezes, sonho com seu abraço e nos momentos que a saudade mais aperta abraço o ursinho que ele me deu e visto a sua blusa assim me sinto mais próxima dele e por alguns instantes é o suficiente.

domingo, 23 de maio de 2010



A cada dia que passa me sinto mais sozinha, mais vazia. Todos se foram e levaram com eles partes importantes de mim e eu fiquei aqui rezando pra que um dia essa dor se acabe pedindo a Deus que eu consiga ser feliz mesmo faltando pedaços. Ao novo amanhecer espero não estar mais sentindo essa dor da solidão, a nostalgia, saudade de um futuro. Não aguento mais sofrer por coisas desnecessárias, seria muito melhor se eu pudesse apenas retribuir ao mesmo desprezo e pouco caso com que sou tratada. Pode não parecer mais estou seriamente ferida.

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Eu tenho medo, muito medo. Medo de perder pra sempre os sonhos, a minha verdade, a minha individualidade, minhas opiniões, de me torna fria. Preciso acreditar que as coisas não serão eternamente assim, que as pessoas não são iguais. Estou perdendo a confiança em mim, já não acredito que posso tomar um rumo diferente na vida, não acredito que sou capaz de fazer as melhores escolhas, se sou capaz de arranca tudo que me faz mal e me impede de viver e sinceramente não sei nem o que me faz mal. Não sei por que, mas de alguma forma sinto que sou feliz com aquilo que acho que me faz mal. É bem complicado saber em quem confiar e a hora de confiar, não sei se faço bem ou não só que eu não consigo encontra mais sinceridade nas pessoas.

quinta-feira, 20 de maio de 2010

A frieza de meu corpo já penetrou na minha alma de um jeito que nem mesmo o sol é capaz de aquecer. Não acredito mais que o tempo passará e levará com ele a dor que guardo comigo há muito tempo como lembrança de tudo aquilo que já vivi.

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Não importa o quanto o passado foi lindo e maravilhoso, está na hora de construir o presente também. De nada adianta ficar vivendo o que já se foi. É difícil começar do zero principalmente quando se está sozinha talvez por isso me prenda tanto ao que se foi. Só que eu sinto falta, mesmo não sendo sincera, do carinho dos outros, queria-me sentir amada de novo só por mais uma vez saber o que é está protegida e amparada.

terça-feira, 18 de maio de 2010

Então, é como naquelas historias que o amor sempre vence no final só que existe uma diferença que muda totalmente o sentido da historia: Não existe final! Exatamente, a vida só ganha um ponto final com a morte, mas ate onde eu sei a morte é o vale da paz onde não existe dor, sofrimento, preocupação. Por isso não devemos acreditar que o amor vai vencer e que será feliz pra sempre. O amor é construído e vivido a cada dia, a cada momento, a cada toque, a cada olhar. Não deixe de viver o amor hoje achando que terá o seu final feliz!

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Depois que eu te conhece pensei ter sido mais feliz, mas não sei se posso acreditar em toda aquela felicidade. Mesmo com tudo isso, não quero te esquecer, não quero não lembrar da sua voz,do seu olhar, dos seus beijos,dos seus abraços. É bem tolo, mas não consigo fingir que nada aconteceu que eu não o amei e continuo amando. Pode ate ter sido tudo um conto de fadas, mas querendo ou não foi nele que eu aprendi o que realmente é o amor e como é um relacionamento, foi nele também que passei os melhores momentos, tive as mais lindas fantasias, mas como todo conto de fadas tudo já acabou. Só espero ser tudo melhor daqui pra frente.

sexta-feira, 14 de maio de 2010

O pior de tudo é ainda insisti na mentira que me ama. Eu te amo de um jeito que ninguém nunca vai entender. As palavras me dita voltam a todo o instante só pra me lembrar de tudo aquilo que me faz mal. Você me machucou, me magoou, quebro tudo de bom que tinha em mim, mas mesmo assim não deixo de te amar, de sofrer por não te ter por perto, de morrer de saudade dos seus abraços. Burra, burra! Acreditei em você ate o ultimo segundo que podia, confiei no seu amor e nem tudo o que você me disse. Definitivamente você destruiu a pessoa que mais te amou.

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Amigo de verdade não é fácil de encontrar e talvez nunca se encontre. Sinto falta de apenas uma palavra que faça o meu dia ficar mais iluminado,um abraço pra me sentir protegida,um sorriso pra me sentir querida,um olhar pra saber que posso confiar e que eu saiba que é pra valer, que eu possa acreditar que é de coração. Tenho planos de me isolar do mundo, poder viver apenas comigo mesmo talvez assim sofra menos com a falta de lealdade das pessoas.Queria só por um minuto olhar bem fixamente nos olhos dos outros e poder interpretar cada sentimento que passa dentro dela e assim entenderia com cada ser humano é capaz de ferir a sua mesma espécie e ser tão frio a ponto de não se importa em passa por cima dos outros. Entre a capacidade humana esta incluindo o poder de machucar os outros.

terça-feira, 11 de maio de 2010

Realmente não me importo com o que as pessoas falam apesar de achar que elas falam de mais. Cada um tem a sua verdade e eu acredito na força da minha por isso não tenho que provar nada pra ninguém.Quem precisa sabe o que eu sou e como ajo, isso é o que importa pra mim.

sábado, 1 de maio de 2010

Pior do que sentir saudade, é não sentir nada.
É meio assim que me sinto. Achei que me importaria mais com a ausência de verdade nas pessoas, mas não,pelo contrario,não dó a mínima. E pensar que prometeram ser pra sempre, que o pra sempre acaba eu já sabia, só não sabia que seria assim tão cedo.

terça-feira, 20 de abril de 2010

Hoje acordei sem entender muito o sentido de tudo, levantar, tomar banho, ir a escola, volta a escola, ler, ouvir musica. Na verdade, eu não consigo acreditar que haverá um dia de sol depois de varias nuvens de chuva e felizmente não consigo acreditar que não possamos tentar de novo, tentar de algum modo amenizar todo o sofrimento contido dentro de um só coração.Talvez seja apenas mais uma tentativa frustrada para a felicidade mas se não der certo é menos um caminho para errar na próxima tentativa.

domingo, 11 de abril de 2010

Mesmo com tantos motivos pra te deixa, com tantos motivos que nos impedi de ficar junto. Eu tenho apenas um que faz todo o sacrifico,choros,dores de cabeça que faz todo o sentido pra ficarmos juntos, eu estou falando do amor. O amor que rege a minha vida, o amor que me muda completamente me transformando numa pessoa melhor, o amor que me incentiva a busca a mais perfeita e brilhante estrela do céu,o amor que ocupa a minha mente com as melhores fantasias de felicidade, o amor que eu sinto e não se acaba.

terça-feira, 30 de março de 2010

Ultimamente não tenho pensado muito como vou sobreviver quando ele for,estou vivendo ao máximo cada segundo que é permitido ser compartilhado com ele. Não estou conseguindo ser tudo o que ele merece e precisa e já não sei mais o que fazer pra poder estar em paz comigo mesmo, porque não estou me sentindo nada bem sabendo que não estou conseguindo fazer-lo feliz, eu sinto isso em cada olhar distante, beijos frios, minutos de silencio e tudo que sei é que não queria que estivesse acontecendo isso porque só eu sei o quando o amo e preciso dele. Pode ser só impressão minha e nada disso está acontecendo, mas eu sinto que não estou aproveitando o pouco tempo que tenho com ele. Eu o amo mais que tudo e não existe ninguém no mundo que mude ou danifique esse sentimento.

quinta-feira, 18 de março de 2010

Devemos ficar com quem gosta da gente ou quem a gente gosta? Ainda bem que desse mal eu não vivo, quem eu amo me ama também e estamos muuuuito feliz junto. Porque não é um amor inventado ou convencional é o nosso amor, nossa forma de ser feliz.Ao lado dele descubro a melhor maneira de ser e ver o mundo, só de sentir que eu não estou mais sozinha e que nunca estive porque ele sempre esteve comigo de um jeito ou de outro começo a sorrir sozinha. Meus sorriso se completam com os dele, meu coração é o encaixe perfeito do dele. Tudo indica que serei muito feliz daqui pra frente. Estou amando. *-* s2

quarta-feira, 10 de março de 2010

Não adianta,por mais que eu esteja bem sempre tem aquela sombra da duvida e solidão me assombrando e não sei com quem conversa ou me apoiá porque eu seu que é um problema meu e que ninguém tem culpa da minha carência e mania de que ninguém me ama e etc. É muito horrível sentir sem lugar,como se ninguém notasse a minha falta e choro , choro muito escondida e as lágrimas queimam como se estivesse pegando fogo dentro de mim e cada sentimento que passa pelo meu coração dá uma punhalada em meu peito pra não me deixar esquecer que estou sozinha ali sendo consumida pelo fogo e aos poucos procuro pensa porque me importo tanto com o que sentem em relação a mim e é ai que eu lembro que ninguém é feliz sozinho.

terça-feira, 9 de março de 2010

Não preciso tomar todas as decisões agora.Tenho uma vida inteira pela frente e tudo muda antes mesmo de concluir o que achava que era certo, temos oportunidade de pensar melhor nas escolhas. Não precisamos ser precipitados,podemos nos permitir mudança,afinal,mudança é a lei vida.

domingo, 28 de fevereiro de 2010

Felicidade realmente não são pra todos. Quando a gente a acha que pelo menos um dia poderíamos ser feliz e não ter que se preocupa com ninguém e quando mais nos enganamos. A necessidade de proteger quem a gente ama nos consome muito e não temos nem tempo e muito menos cabeça pra pensa em si mesmo. Espero não continuar muito tempo assim.

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Ciúme, é uma coisa tão idiota e sem sentido porque por mais que você sinta ciúme de alguém isso não vai impedi-la de fazer nada. Esse sentimento é muito ruim, você se senti um idiota por gosta tanto assim de alguém que não dá a mínima pra você. Mas é inevitável, quando olho recados , depoimentos, qualquer coisa no orkut do motivo de tanto ciúme é como se te arrancasse tudo de dentro do seu peito e te deixasse oca. Ainda não sei lidar com tanto ciúme, só sei que se sinto ciúme é porque eu amo, e amo muito. Esse sentimento é tão forte que já não sei separar as vidas, acabo vivendo a vida do outro porque ele é a minha vida e eu não tenho mais ninguém, tudo se resume nele, talvez seja ai o problema eu sou totalmente dependente dele e não consigo me enxerga sozinha e nem com outra pessoa.

sábado, 13 de fevereiro de 2010

Em muitos momentos da nossa vida nos sentimos muito sozinha e que ninguém notaria a nossa ausência se por ventura viermos desaparecer. Sentimos que não temos amigos, que todos os sorrisos são falsos, que nossos problemas são os piores do mundo e você não tem ninguém pra te ajuda a resolver.Quando olha ao redor repara que nada faz sentido porque ninguém te ama e se ama não demonstra.Você vê a sua vida descendo pelo ralo e não pode fazer nada pra impedir porque não tem mais forças pra continuar e de repente se vê no fundo do buraco e não tem ninguém pra te joga uma corda.Pode até ser banal mas é assim que estou me sentindo ultimamente.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Estou aprendendo agora,certas coisas não precisam ser ditas. Acho que esse é meu pior defeito e pensar que por muitas vezes pensei em ser uma virtude. Vale a pena abri mão de algumas coisas pra ver quem amamos feliz porque num mundo tão capitalista,ninguém gosta de ninguém, que todos querem passa a perna no outro, num mundo que o dinheiro comanda é muito importante ter a amizade de pessoas tão especiais e não vale a pena por momento algum machuca essas pessoas e de certa forma isso me faz muito bem, claro que meu sorriso é por outro motivo mas é mais gratificante olhar os olhinhos brilhando e um sorriso estampado na cara de quem realmente merece. Assim, me sinto realizada.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Sentir saudade não precisa ser necessariamente doloroso pensando que a saudade é a maior prova que o passado valeu a pena. Sentir falta de alguém é como se te faltasse alguma coisa, você olha pro lado e não enxerga aquele que é tão importante pra você. A partir dai não adianta ficar entre milhões de pessoas porque te falta aquela principal que é a base de tudo.
O maior motivo de saudade pra mim hoje é a minha turma do ano passado, até aquelas pessoas que eu não gostavam tanto faz falta. Chego na escola nova e não encontro meus amigos, não tem aquele abraço pra animar o dia, aquelas conversas tão boas, sexta o dia do abraço rs, as risadas, as fofocas, ah.. tudo faz falta. Eu me sinto tão sozinha, tão estranha naquele lugar que eu queria sair correndo e ao encontro de quem preciso pra viver, os melhores amigos.

sábado, 30 de janeiro de 2010

Talvez hoje seja o dia da verdade, igual 'o juízo final' em que tudo depende do que você determina agora. É como se tudo que está na minha cabeça começasse a pesar e não tenho força pra continuar carregando tudo então é hora de deixa coisas que não me acrescentam pra trás. Está na hora de me desprender do passado e olha pra frente, pra muitas pessoas é extremamente difícil deixar o passado no seu lugar, lá atrás, mas especialmente pra mim que nunca mais fui tão feliz como fui nele é mais difícil ainda , mas está na hora, quer dizer, passo da hora de tentar viver sem ter que recorda. O que mais dói é saber que não volta, só restam lembranças e foto do que foi um dia e a saudade dilacera o peito e arranca todo um sonho de um futuro melhor porque sou fraca e tenho medo de ser tão feliz pois já senti na pele o que é ser tão feliz , mais feliz do que é permitido e então de uma hora pra outra essa felicidade vai embora sem deixar bilhete de despedida e só resta a tristeza, solidão,angustia,desconfiança e medo, muito medo.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Homem não aceita que a mulher o esqueceu e partiu pra outra, eles acham que nos mulheres temos que fica submissa a esse amor e sempre correr atrás. Pra eles nos pisar e nos fazer sentir as piores das mulheres e quando nos partimos pra outra eles vem e tenta nos reconquista é nessa hora que devemos ser fortes para lhe diz não.


Essa é bem antiga, encontrei no computador hoje.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Ah o amor, só ele é capaz de nos proporciona as melhores sensações e as piores também. Não podemos generalizar o amor como um todo porque há vários tipos de amor, o correspondido, o que juramos que nunca se acabara e na semana seguinte nem lembra o nome de quem diz que amo,o avaçalador que em pouco tempo se torna a maior historia de amor ja vivida, e não podemos esquecer do platônico aquele que nutrimos por alguém que nem sabe que existimos.Acostumamos a ver esses amores de filme, de novela, ou de livro que sempre duas pessoas se apaixonam ao mesmo tempo e de um jeito ou de outro sempre ficam juntos no final. Infelizmente na vida real não é assim pessoas se apaixonam sozinhas e por algum motivo se prende a esse amor como se fosse a coisa mais bonita de suas vidas em quanto na verdade esse sentimento te mata por dentro,anula toda esperança de um dia ser dono da própria vida sem pensa se aquele que guardamos tudo que há de melhor em nós aprovaria essa atitude.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

É tão ruim quando um sentimento estranho que você não sabe identifica se é bom ou ruim toma conta de todo o seu ser, você ja não sabe o que pensa , como agir ou o que sentir.Só da vontade de chorar e rever todas as suas decisões e começa a duvidar das mesmas. Tudo fica diferente, você começa a enxergar as coisa de um modo que não entende e não quer entender. Olhando pra si mesmo não consegui compreender o que está acontecendo, o que mudo ou o que vai mudar. São nessas horas que queremos desaparecer e nunca mais ver ninguém, tenta fazer planos pra tudo ser diferente e depois de horas pensando em uma solução chegamos a conclusão que não tem solução,tudo é questão de se aceita.

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Ter alguém em quem poder confiar e depositar todo o seu amor é a coisa mais valiosa do mundo. Pode acontecer de as vezes você não se sentir totalmente segura do que ele sente, mas no fundo você sabe que não há ninguém que te ame mais do que ele. Ficar atualizando mil vezes a pagina do orkut esperando recado dele, torcer pra janelinha do msn dizendo que está online, ficar horas perto do telefone esperando ele ligar,sentir um friozinho na barriga quando te chama na porta, dizer que aquele menino é bonitinho só pra ver a cara perfeita que ele faz quando está com ciúmes, não medi esforços pra mostra pra todo mundo que ele é seu, só seu melhor amigo. Tudo isso vale apena quando ele sorrir e diz que te ama. Pra quem ama alguém com tanta intensidade assim não precisa de muito pra ser feliz, porque só de saber que ele sente o mesmo já é o maior presente.

postagem especial pro Léo Oliveira, meu melhor amigo.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Muitas vezes passamos a vida toda correndo atrás de alguma coisa que achamos que nos faz bem e esquecemos de aproveita o que de fato a vida oferece. Não conseguimos viver o futuro por isso olhe bem a sua volta, tudo que você precisa/procura pode está tão perto de você, mas você está ocupado demais tentando encontra aquilo que tolamente acha que é o melhor e deixa escapar a vida real por um capricho ou pelo medo de se decepciona mas acho que a vida é isso mesmo ne? Correr riscos e sem os riscos não saberíamos se realmente achamos a tão sonhada felicidade.

domingo, 24 de janeiro de 2010

Estamos em constantes mudanças, mas quase nunca percebemos. Tudo muda, não importa se é pro bem ou pro mal. A vida é feita de mudanças de bebê pra criança, de criança pra adolescente, de adolescente pra jovem , de jovem pra adulto, de adulto pra idoso , mas não são necessariamente nessa ordem , tem pessoas que depois de adulto vira criança e tem crianças que tem postura de mais velho. Hoje em dia já não é um padrão o amadurecimento,idade já não significa nada, e as vezes nos enganamos com as pessoas por achar parecido com você. Na verdade ninguém conhece ninguém por inteiro. Não podemos confiar nas aparências, essa não significa nada, no máximo é motivo de se arrepender, se machuca; Nunca julgue ninguém pois é muito doloroso ser julgado. Mudar é natural da vida, mas não deixe que essas mudanças sejam para o mal e nem perca aquilo que te faz ser você, o que eu acho que pode ser um defeito pode ser uma virtude e nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício interno.
Postagem especial para Lorrayne Andrade.
O que mais escuto é que eu sou/estou estranha,sempre me perguntam por que eu não estou bem. Eu sinceramente não sei a resposta, eu vivo numa busca incessante por essas respostas. Cada dia que passa sinto que não fiz nada que merecesse reconhecimento, quero fazer a diferença, ajuda quem precisa, distribuir um pouco de felicidade pra aqueles que tem motivos pra não sorri. Eu me sinto uma idiota mimada, porque tem tanta gente que realmente tem motivos pra ser deprimida ou infeliz e eu, mesmo com tudo o que sinto,não tenho motivos aparentes, mas eu não consigo ser feliz eu não consigo, sei lá, estar com muitas pessoas, conversa por muito tempo com alguém. Eu me sinto muito muito muito sozinha,me sinto insegura, eu afasto as pessoas e sofro com isso. Apesar de não importa com que as pessoas com que as pessoas pensa, eu me importo com que elas sentem ao meu respeito e cada dia que passa tenho provas que não tenho muito aprovação das pessoas e isso me mágoa.

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Muita coisa aconteceu nesses 3 dias, sentimentos diferentes tomaram conta de todo meu pensamento. Alegria,satisfação,ciume,raiva,dor,solidão e muitos outros sentimentos diferente. Sei la, acho que estou começando a me entender e saber o que me faz bem. Me faz bem ficar com as amigas, conversa, brinca e tudo que só as amigas podem te proporciona, por outro lado, não consigo ficar perto de muitas pessoas , sei lá o que acontece, mas eu me sinto estranha, como se aquilo não me pertencesse.Ainda tem uma coisa que me assusta, me da medo,me causa dor,ciúme e insegurança que eu sei que não tem remedio,mas existe tratamento , estou tentando acostuma ou pensar no seu lado positivo. Ainda não sei quem sou, mas sei o que sinto e acho que é isso que importa,né? Me sinto muito sozinha e sei que vou precisa de todas as minhas forças pra sobreviver o que vem pela frente. Não estou bem e não vou ficar bem, eu sei disso. Enfim, sempre que a noite se aproxima eu choro, e choro muito, é menos um dia pra esta do lado de quem mais amo no mundo.

sábado, 16 de janeiro de 2010

Hoje estava lendo um livro e acabei me perguntando. Quem é Nathalia Penna? Eu não sei a resposta, dizem que o quarto diz muito sobre a pessoa, olhei minha volta e não consegui me identifica. Tudo que eu via era uma parede cheia de fotos dos artistas que gosto,monte de caderno antigo rabiscado,um edredon das princesas antigos e mais um monte de coisa que comprova que eu só uma garota vazia, tudo que sou está no computador orkut,fotolog,blog,msn. A unica coisa que consegui me identifica foi com uma foto minha e do Léo e isso me fez lembra que só tenho ele,eu sou sozinha,vazia,sem vida. Vivo sonhando acordada, sonho em conhecer o meu ídolo,que vou compor musicas lindas,sonho que terei um futuro lindo, mas tudo que eu faço é sonhar e sonhar. Tudo acontece no mundo virtual e a vida real? o que eu posso mostra pros meus filhos e netos?mostra sonhos? Quero descobri quem sou eu e fazer a minha historia. Quero ser reconhecida por quem sou não pelo que veem na internet.Estou fugindo de mim e estou percebendo que meu adorado refugio dos sonhos já não é tão adorado assim. Cansei de ser apenas mais uma ou a segundo plano, a que quebra o galho, quero fazer a diferença,quero ser notada, quero ser Nathalia Penna.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Sempre que achamos que tudo está melhorando a vida nos mostra que tudo não passa de uma mera ilusão, a tendência é só piorar. Na busca intensa para descobri quem somos é que nos perdemos, acho que ninguém se conhece por inteiro sempre nos surpreendemos com nós mesmo. Estou me surpreendendo com os meus pensamentos e ações, como eu mudei e eu não percebi. Coisa que me pareciam futilidade está se tornando uma prioridade pra mim, estou assustada. Olho no espelho e tento enxerga o que eu era ou o que costumava ser, tenho medo de essas mudanças saírem do controle e perder toda a minha esencia. Como as coisas mudaram tanto?Eu quero ser o que eu sou, não o que me tornei.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

ainda estou tentando entender o por que de criar um blog,mas eu preciso desabafar e essa foi uma maneira que encontrei pra espanta a solidão. Estou tentando ser forte pra superar tudo que vem pela frente. Esse é um ano de mudanças , mas não sei se queria mudar tanto. Todos os planos que fiz, toda a expectativa que eu tinha de um ano melhor acabou. Eu só queria voltar no tempo e aproveitar tudo que sinto que não aproveitei o suficiente. Minha vida está tomando um rumo que eu não queria e esperava, sinto falta dos momentos felizes agora me parecem tão distantes.Me sinto triste, sei que falta alguma coisa, estou incompleta. Por muito tempo culpei os outros pela minha infelicidade, finalmente descobri que nossa felicidade depende só da gente.